O Questões Grátis disponibiliza mais de 600 MIL questões, de forma GRATUITA e SEM LIMITAÇÕES.

Instale o App Questões Grátis e estude melhor! No App você pode salvar os filtros, gerar estatísticas, e muito mais. Os botões para baixar o App se encontram no topo do site.

Logo abaixo você encontra milhares de questões. Para refinar sua busca, aplique os filtros desejados (buscar por disciplina, banca, cargo, ano...). Caso deseje excluir os filtros, clique em “Limpar Filtro”.

Para estudar, aplique os FILTROS abaixo:

Ainda segundo o Estatuto do Idoso, analise as assertivas:

I. Discriminar pessoa idosa, impedindo ou dificultando seu acesso a operações bancárias, aos meios de transporte, ao direito de contratar ou por qualquer outro meio ou instrumento necessário ao exercício da cidadania, por motivo de idade tem como pena reclusão de 6 (seis) meses a 1 (um) ano e multa.

II. Deixar de prestar assistência ao idoso, quando possível fazê-lo sem risco pessoal, em situação de iminente perigo, ou recusar, retardar ou dificultar sua assistência à saúde, sem justa causa, ou não pedir, nesses casos, o socorro de autoridade pública, tem como pena detenção de 6 (seis) meses a 1 (um) ano e multa.

III. Abandonar o idoso em hospitais, casas de saúde, entidades de longa permanência, ou congêneres, ou não prover suas necessidades básicas, quando obrigado por lei ou mandado tem como pena detenção de 6 (seis) meses a 3 (três) anos e multa.

Podemos afirmar que:

“(...) o sujeito é compreendido como um sistema aberto, em constante desenvolvimento e crescimento em função de trocas criativas com o ambiente; ou seja, ele é um ser relacional que interage com o mundo. As funções de contato, mecanismos que o indivíduo dispõe para se relacionar com o campo, são sempre criativas na medida em que lidam com o novo. Ao longo desses processos de contato o indivíduo vai respondendo às informações, sensações e percepções decorrentes das trocas com o sistema, e isso é chamado de autoregulação organísmica. Os ajustamentos que o sujeito precisa fazer para experimentar o mundo são sempre criativos porque se referem a uma assimilação constante entre o novo e o já conhecido" Selma Ciornai O texto acima refere-se a qual vertente terapêutica?

É essencial ao arteterapeuta experimentar consigo mesmo as proposições artísticas que irá propor e buscar seu próprio caminho de autoconhecimento. A qual vertente psicológica se refere a citação abaixo? “ninguém pode levar ninguém além do lugar onde conseguiu chegar(...)”

Sobre o relato clínico abaixo, marque a alternativa correta quanto a atitude do terapeuta.

Ariadne é uma adolescente de quatorze anos. Há seis meses foi diagnosticada com depressão e iniciou um processo de psicoterapia e arteterapia. Na última sessão do ano o arteterapeuta sugeriu que ela colocasse em um desenho como ela poderia alar desses últimos seis meses e como ela se sente agora. Ariadne desenhou, com lápis preto, vários monstros e vampiros. No centro do desenho desenhou uma moça deitada no chão e uma mancha vermelha.

Sobre rituais na visão da psicologia analítica podemos dizer:

Sobre os objetivos da arteterapia é equivocado dizer:

Observamos que é crescente o trabalho com arteterapia no sistema público tanto na saúde quanto na assistência. Comumente verificamos que os trabalhos são realizados em grupo. Sobre o que nos leva a trabalhar em grupo é equivocado dizer:

Pensar na inserção dos psicólogos no serviços de saúde mental exige que saibamos localizar a dimensão da clínica e sua relação com a política de saúde mental que orienta o funcionamento destes serviços. Neste contexto, assinale a alternativa INCORRETA acerca dos serviços de saúde mental.

Teresa comparece ao ambulatório para atendimento psicológico, após várias consultas no clí- nico geral, que a identificou como poliqueixosa, com dores de cabeça, musculares, insônia, agitação, entre outros sintomas não específicos. Na entrevista, mostra-se agitada e impaciente, fala de como sua vida é perfeita, dentro dos rigores da sua fé, com filhos muito bem-criados, um marido amoroso e prestativo, sem nenhum problema grave ou dificuldade que justifique o encaminhamento. Ao falar sobre o marido, sua voz claudica, leva a mão ao braço direito, onde é possível identificar um hematoma que ela, de forma recorrente, tenta disfarçar puxando a manga do vestido. Segundo o manual “Enfrentando a violência contra a mulher” (BRASIL, 2005), é correto afirmar que a conduta do psicólogo(a), no atendimento de Teresa, deve ser:

Date: 03/06/2018

Paternalizar. Querer solucionar os problemas pela vítima, ao invés de ajudá-la a encontrar suas
próprias soluções

Ter acesso aos estados psicológicos do paciente e suas relações com o processo de adoecer é fundamental para o acompanhamento do indivíduo doente e a melhora de sua qualidade de vida, durante o tratamento e/ou a internação. Sobre estes estados psicológicos, podemos afirmar que: