" Que nosso encontro dessa tarde possa ser um sinal claro do esforço dos líderes e dos seguidores das religiões presentes neste país em viver juntos com respeito recíproco e boa vontade. Que este compromisso, aqui em Bangladesh, onde o direito à liberdade religiosa é um princípio fundamental, seja uma chamada respeitosa, mas firme, para quem busca fomentar a divisão, o ódio e a violência em nome da religião."

(Bergoglio, o Papa).

Tal testemunho do papa Francisco pode ser desenvolvida com o objetivo de: