A maioria das sociedades humanas faz uso da escrita para transmissão de conhecimento, registro de dados, celebração de acordos, tratados e contratos, e reprodução de cânones culturais. Ela é um processo interativo e, se considerada uma habilidade com fins comunicativos, espera-se que a abordagem de ensino do professor de LI se encaixe nessa perspectiva. Ou seja, que o docente contribua para o fortalecimento da função educativa da área de Línguas Estrangeiras, para que seja reconhecida e valorizada como área do conhecimento também responsável pelo desenvolvimento da proficiência leitora e escritora dos alunos. Além disso, busque estimular as práticas sociais de uso da língua.

Abaixo estão elencados procedimentos didáticos que o professor pode utilizar para o desenvolvimento do inicialmente citado processo, com exceção do exposto na letra: