A unidade de internação psiquiátrica de um determinado hospital universitário possui as seguintes características:

- As portas estão permanentemente fechadas e controladas por chave, acessível somente para poucos servidores.

- Existe a ruptura entre as barreiras que comumente separam as 3 esferas da vida cotidiana dos sujeitos ali internados, no que concerne à moradia-trabalho-lazer.

- Em função da vigilância do serviço, os internos encontram-se impedidos de exercer o direito de ir e vir.

Considerando o exposto e os escritos de Goffman (1974), essa unidade deve ser caracterizada como: